Quanto mais tento emagrecer, mais engordo!

Você já passou pela experiência de tentar emagrecer e engordar ainda mais? Se sua resposta foi sim, fique tranquilo (a), isso não acontece apenas com você! Inúmeras pessoas me relatam vivenciar tal situação, e este foi um dos fatores que me motivaram a escrever este texto.  A ideia de que a causa do não emagrecimento está na falta de força de vontade e na falta de querer é muito difundida. Entretanto, tal fato parece ser contraditório, pois alguém que tenta emagrecer certamente tem força de vontade e de querer, mas mesmo assim, o tiro pode acabar saindo pela culatra e o resultado ser: engordar ainda mais.

O que acontece então? É muito comum que alguém que vivencie essa dificuldade, ao iniciar um processo de emagrecimento, comece a ter como um dos principais focos de interesse (senão o único), assuntos relacionados a emagrecimento. Comece também a conversar mais com as pessoas sobre este assunto e a procurar em revistas e sites materiais que tratem sobre o tema. Ao olharem o cardápio no restaurante, ao irem às compras no mercado, ao observarem os alimentos no próprio prato e no prato de  seus familiares e amigos, é provável que esteja focada em avaliar os alimentos, decidindo se “pode ou não pode”! Assim, ficará a maior parte do seu tempo sob controle da busca por emagrecer, ou, o que é ainda pior, do seu medo de engordar!

Neste contexto, é possível prever que, por contraditório que pareça, começará a pensar em comida a maior parte do seu dia, pois estará atenta para não ingerir determinados alimentos, considerados proibidos. Vivenciar tal situação é algo extremamente aversivo, pois existe uma preocupação contínua com aquilo que não se deve comer, despertando  o sentimento de ansiedade. Mediante a ameaça de não conseguir emagrecer (ou de engordar) certamente não haverá espaço para: aproveitar o passeio no mercado, usufruir o prazer de escolher uma refeição no restaurante, sentir o sabor dos alimentos colocados no próprio prato e quiçá, ter um papo descontraído com familiares e amigos enquanto se alimenta.

Assim, a buscar por emagrecer  torna-se algo extremamente punitivo, muito difícil de ser suportada, o que leva a pessoa a desistir do processo. Após um período de extrema privação do prazer de usufruir de determinados alimentos e, em condições aversivas, costuma retomar a alimentação de forma exagerada, como que em um grito de liberdade, engordando ainda mais! E é neste momento, após se aliviar, que ela começa então a afirmar para si mesma: “Eu não consigo mesmo emagrecer.” Sente-se impotente e frustrada e com a sensação de que, quanto mais ela tenta emagrecer, mais ela engorda!

Você pode agora estar se perguntando: “Se quanto mais eu tento emagrecer, mais eu engordo, qual seria então a solução? Devo parar de tentar emagrecer?” Escreverei outro texto abordando novamente este assunto, por hoje, o objetivo foi o de tentar clarificar algumas das possíveis razões pela qual o tentar emagrecer pode acabar engordando. Esclarecer ainda que, as dificuldades para emagrecer nada tem a ver com falta de força de vontade, falta de querer ou falta vergonha na cara. Aliás, tais rotulações, apesar de terem um propósito positivo (motivar a busca de emagrecimento como alternativa para evitar a punição de se ver e de ser visto negativamente), contribui apenas para uma coisa: reduzir a autoestima e engordar ainda mais. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *